AGRICULTURA

Produtores podem parar de entregar leite aos laticínios de Rondônia se reivindicação da classe não for atendida

Grupo de produtores deu prazo para indústria normalizar preço e prazo de pagamento até próximo dia 10, caso contrário não entregarão mais o produto.


bookmark_borderBRASIL AGRICULTURA date_range02 Mai 2020 - 07h28 personDO ROLNEWS

Sabemos que este é um momento importante do mercado do leite, com a perca nos preços dos valores do leite a nos produtores, um grupo de produtores de leite do Estado de Rondônia, busca de uma maneira incessante meios de conseguir melhor valorização do seu produto.



Infelizmente estamos tento uma interrupção nos valores que estavam sendo pagos pelos laticínios aos produtores, onde esse mês foi pago media de 0,86 centavos o litro, inclusive vindo ao rodapé das notas, que para o próximo mês será pago valor de 0,65 centavos.



 



A alegação dos laticínios seria o baixo consumo devido ao Covid19, um tanto estranho, pois todos estão isolados em casa, inclusive as crianças que mais consomem, e estão fora da escola. Dessa forma os produtores rurais através de grupos de watsapp se reuniram e decidiram que:



Primeiro; Será dado um prazo de 10 dias aos Laticínios para que apresente uma proposta para pagamento do valor de R$1,45 o litro de leite ao produtor. Independente da região em que ele se encontra.



Segundo; Contrato para compra desse leite, com variação conforme aumento nas prateleiras, caso aja aumento subir a mesma proporção para aos produtos, em caso de queda do valor nas prateleiras devemos respeitar essa redução.



Terceiro; pagamento real no quinto dia útil de cada mês. Ou seja, fecharam 30 dias o relatório do produtor no quinto dia do mês subsequente, depositar o pagamento dos produtores.



Quarto; caso não aja nenhuma resposta dos laticínios quanto a essas definições. No dia 15 de Maio todos os agricultores, deverão liberar seus bezerros. E paralisar por tempo indeterminado a entrega de leites aos laticínios.



Rui Barbosa de Souza



Presidente da comissão de Produtores de leite do estado de Rondônia.