Política

Marina é criticada por fazer ‘propaganda’ para série inspirada na Lava Jato com imagem de Marielle


bookmark_borderBRASIL CORRUPÇÃO date_range24 Mar 2018 - 11h20 personsul21

A ex-senadora Marina Silva, pré-candidata à presidência da República pela Rede, publicou uma postagem em seu Twitter nesta sexta-feira (23) em que explora a imagem de Marielle Franco, vereadora do PSol executada na semana passada, para divulgar um artigo que escreveu sobre a nova série do Netflix, “O Mecanismo”.



A produção de Elena Soarez e José Padilha, apesar de ser uma ficção, apresenta uma história de combate à corrupção baseada em um livro sobre o juiz Sérgio Moro e a operação Lava Jato. A série é tida por muitos como uma propaganda antipetista.



“Todos sabemos: o dinheiro que remunera o crime é o mesmo que financia o arbítrio policial, as milícias e grupos de extermínio. E todos estão ligados aos propinodutos da corrupção. Seremos capazes de desmontar o mecanismo?”, tuitou Marina,



A postagem da pré-candidata gerou uma série de comentários negativos, incluindo uma forte manifestação de repúdio do jornalista e crítico de cinema Pablo Villaça. “Marina Silva atingiu a escrotidão completa. Apoiadora de Aécio Neves e demagoga até o último fio de cabelo, agora usa a memória de Marielle pra fazer propaganda de uma série que mente descaradamente pra fazer a caveira da esquerda à qual a vereadora pertencia. Repugnante”, escreveu Villaça.



“Há muito tempo eu não sentia um ódio tão grande de alguém. Essa é uma das atitudes mais vis que alguém pode tomar; usar a morte de alguém (que se opunha ao que ela representa) para fazer propaganda de uma série que mente para atacar o campo ao qual ela pertencia”, completou.



 












 


Todos sabemos: o dinheiro que remunera o crime é o mesmo que financia o arbítrio policial, as milícias e grupos de extermínio. E todos estão ligados aos propinodutos da corrupção. Seremos capazes de desmontar o mecanismo? - http://bit.ly/2G7ZpGf 
















 



 












 


Marina Silva atingiu a escrotidão completa. Apoiadora de Aécio Neves e demagoga até o último fio de cabelo, agora usa a memória de Marielle pra fazer propaganda de uma série que mente descaradamente pra fazer a caveira da esquerda à qual a vereadora pertencia. Repugnante.
















 



Confira mais reações a postagem: