Economia

FGV: prévia da confiança da indústria indica salto a máxima em dez anos em novembro

A confiança da indústria no Brasil deve registrar seu maior patamar em mais de dez anos em novembro, mostrou uma sondagem da FGV, refletindo o avanço na percepção sobre o momento atual do setor


bookmark_borderBRASIL ECONOMIA date_range23 Nov 2020 - 08h06 personBRASIL 247

SÃO PAULO (Reuters) - A confiança da indústria no Brasil deve registrar seu maior patamar em mais de dez anos em novembro, mostrou uma sondagem da Fundação Getulio Vargas nesta segunda-feira, refletindo o avanço na percepção sobre o momento atual do setor.



 



A prévia da Sondagem da Indústria de novembro sinaliza alta de 1,6 ponto no Índice de Confiança da Indústria (ICI) em relação a outubro, a 112,8 pontos, o que representaria o maior valor do índice desde outubro de 2010 (113,6 pontos).



Caso se confirme, a leitura também marcará o sétimo salto mensal consecutivo do indicador, mantendo uma tendência de recuperação iniciada em maio devido à flexibilização de restrições econômicas relacionadas à Covid-19.



Em nota, a FGV disse que a “alta do resultado prévio da confiança é consequência de movimentos opostos entre as avaliações sobre o momento presente e as expectativas para os próximos meses”.



O Índice de Situação Atual deve ganhar 4,4 pontos, a 118,1 pontos, seu maior valor desde dezembro de 2007 (118,9 pontos), enquanto a prévia indica que o Índice de Expectativas recuará 1,2 ponto, a 107,4 pontos.